Should gringos be able to make business in Brazil?

Para acessar nossa transcrição e tradução, clique no botão abaixo 😉

Is it ok for non-locals to come into a town and engage in commerce?

(Speaks gibberish)

Hello people of the world this is Mark A. Bowen, English teacher coming to you today with a very very  very very very very very difficult question to activate your English.

The question is: is it ok for non-locals to move into an area and engage in commerce?

(Speaks more gibberish)

That’s right, is it ok for non-locals to move into an area and begin to engage in commerce?

So a couple of weeks ago I was in a place called Alto Paraíso, in English; High Paradise ( that’s some good shit).

Alto Paraíso is a city in Chapada dos Veadeiros in Goiás, so one day we decided to go to this Saturday open-air market, a friend remarked that most of the people selling at the market were non-locals and she became kind of indignant about this fact as if the non-locals had come there to take over the market, and I started to wonder if that was a good or a bad thing, then we saw lots of other evidence, we saw what looked like a family from Rio de Janeiro had come there and bought a very beautiful natural preserve with a waterfall and then they were selling tickets for a very expensive price to go in and see the waterfall. Another thing is we were staying in a house that we found on AirBnb that was being rented by an American man, apparently he bought the house, he’s renovating it, he’s putting a Yoga studio upstairs and he’s making money off of renting the house to tourists.

So I got to thinking is it ok that all this people come from outside of the town to capitalize on the tourist flux into the city? And I remember this situation happening in two other places that I visited in Brazil. The first one is São Miguel do Gostoso which is in Rio Grande do Norte and the second one is Itacaré in Bahia. In these cities you go there and you see that the bed and breakfasts, the pousadas – bed and breakfasts, are all owned by foreigners, all the surf shops, all the restaurants, all seem to be owned by foreigners. So we get back to that question; is this positive or is it negative?

There are certainly two sides to the coin but I want to hear your opinion, is it ok for non-locals to move into an area and to engage in commerce? What do you think?

Alright everybody that’s it for today, I hope you like the video. Share it with your friends and get the word of Immersion Now out there, also follow our page on Facebook to see more of our videos, and do not forget about our free course which is happening August 15th to August 19th, we’re just now getting ramped up for the free course and we are going to be publishing a video every day, god willing!

Alright everybody, thank you, have a nice day, this is Mark A. Bowen signing off.

É certo que não moradores venham a uma cidade e se envolvam no comércio?

(Fala em algaravia)

Olá povo do mundo, este é Mark A. Bowen, professor de Inglês vindo a você hoje com uma questão muito muito muito muito muito muito muito difícil para ativar seu Inglês.

A pergunta é: é certo que não moradores se mudem para uma área e se envolvam no comércio?

(Fala mais algaravia)

É isso mesmo, é certo que não moradores se mudem para uma área e comecem a se envolver no comércio?

Algumas semanas atrás eu estava em um lugar chamado Alto Paraíso, em Inglês: High Paradise (esse negócio é muito bom).

Alto Paraíso é uma cidade na Chapada dos Veadeiros em Goiás, então um dia nós decidimos ir a esse mercado a céu aberto que ocorre aos sábados, uma amiga comentou que a maioria das pessoas vendendo no mercado eram não locais e ela ficou meio indignada sobre isso como se os não locais tivessem chegado lá para tomar conta do mercado, e eu comecei a pensar se isso era uma coisa boa ou ruim, então nós vimos um monte de outras evidências, nós vimos o que aparentava ser uma família que veio do Rio de Janeiro e comprou uma bela reserva natural com uma cachoeira e então eles estavam vendendo ingressos por um preço bem caro para entrar e ver a cachoeira. Outra coisa é que nós estávamos ficando em uma casa que achamos no AirBnb que estava sendo alugada por um americano, aparentemente ele comprou a casa, ele está a renovando, ele está fazendo um estúdio de Yoga no andar de cima e está ganhando dinheiro alugando a casa para turistas.

Então eu comecei a pensar, é certo que toda essa gente venha de fora da cidade e capitalize no fluxo de turistas da cidade? E eu me lembro dessa situação ocorrendo em dois outros lugares que eu visitei no Brasil. O primeiro foi São Miguel do Gostoso que é no Rio Grande do Norte e o segundo é Itacaré na Bahia. Nestas duas cidades você chega lá e vê que as pousadas todas pertencem a estrangeiros, todas as lojas de surf, todos os restaurantes, tudo parece pertencer aos estrangeiros. Então voltamos para aquela questão, isso é positivo ou negativo?

Há certamente dois lados nessa moeda, mas eu quero ouvir a sua opinião, é certo que não locais mudem-se para uma área e se envolvam em comércio? O que você acha?

Ok pessoal isso é tudo por hoje, eu espero que você goste do vídeo. Compartilhe com seus amigos e espalhe a palavra sobre Immersion Now lá fora, também siga nossa página no Facebook para ver mais de nossos vídeos e não esqueça sobre nosso curso grátis que vai acontecer do dia 15 ao dia 19 de Agosto, neste momento nós estamos construindo nosso caminho até o curso grátis e nós vamos publicar um vídeo a cada dia, se Deus quiser!

Tudo certo pessoal, obrigado, tenha um bom dia. Este é Mark A. Bowen, terminando a transmissão.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *