Self-Confidence

Self-Confidence

Hello people of the world, this is Mark A. Bowen, English teacher coming to you via the internet.

Today we are here to talk about the third pillar of Immersion Now, self-confidence.

How to believe in oneself? How to trust in one’s capabilities? How to let fear go, and simply do? These are difficult questions, but they are very important when learning a language. Immersion Now offers the opportunity to work on your self-confidence.

Make mistakes: You are not perfect! How do I know? Come on… Find the self-confidence to make mistakes. Not big mistakes that would get you sent to prison or destroy a friendship, but little mistakes, English mistakes. Allow yourself to make mistakes while learning English. Allow yourself to not understand. Open yourself to the possibility of being wrong. When you do that, you make a discovery. You find deeper truth. When you make a mistake, you illustrate to yourself what you need to learn. You give yourself a gift. So, please please please, make mistakes. Be wrong. Be loud and wrong. But be conscientious that you are not perfect. You are not perfect. Be aware of your mistakes and work will make you better.

Now we gotta decode the language. A language is a code. The word, “dog”, for instance, corresponds to an animal with four legs, who drools and begs for food. The sounds themselves are meaningless, d –o –g, but together, in the context of the language and verbs and grammar etc., they represent ideas – “I like dogs”. It is a code. You must have self-confidence to decode the language. In a live conversation it’s difficult because it keeps going and it doesn’t stop. Have the self-confidence to relax: get a word here, a word there, study intonation and body language – it’s all learning. When it’s recorded, though, it’s actually much easier, because you can go back and repeat what you didn’t understand – maybe a piece, maybe all of it – and try to put the new ideas together. In this case, you must have the self-confidence to figure out one word, and then move on to the next. You must have self-confidence to use the context of the situation, and trust your instinct to make assumptions.

Be persistent: As you repeat repeat and repeat, you will slowly begin to learn more and more. You will find a video that is very difficult to understand. You will encounter texts difficult to decipher. You will hear voices that have very strange accents. What do you do? Close the video? Toss away the book? Or turn away from the voice? No. You must persist! You must go forward. Constantly decode. Take little baby steps.

Fear: Language schools feed on your fear of learning a language. They think that in a large group you can hide your shyness and mistakes behind a book and the other students. They make you promises and you pay them each month to think you will improve, but your progress comes slowly, if at all. On the other hand, Immersion Now exposes you. It asks you to conquer your fear of being wrong, and encourages you to confront the unknown, because that is when you really learn. When you are truly challenged, you will begin to assimilate English. It is ok to not understand what you hear or read. It is ok if you get dizzy listening to a conversation and fall asleep at a bar table. It is ok if somebody doesn’t understand what you say or write. Only when you free yourself from fear will you free yourself to learn.

So, there’s a lot there, the main points are: Relax. Relax. Trust your capability to learn. Let yourself make mistakes.

Persist: believe in yourself and most importantly, fear not.

All right, this is Mark A. Bowen signing off.

Autoconfiança

Olá povo do mundo, este é Mark A. Bowen, professor de inglês vindo até você via internet.

Hoje estamos aqui para falar sobre o terceiro pilar de Immersion Now: autoconfiança.

Como acreditar em si mesmo? Como confiar em suas capacidades? Como deixar o medo ir, e simplesmente fazer? Essas são perguntas difíceis, mas elas são muito importantes quando se está aprendendo um idioma, Immersion Now oferece a oportunidade de trabalhar na sua autoconfiança.

Cometa erros: você não é perfeito! Como eu sei? Por favor… Ache a autoconfiança para cometer erros. Não erros enormes que te levariam a prisão ou destruiriam uma amizade, mas pequenos erros. Erros de inglês. Permita-se cometer erros enquanto estiver aprendendo inglês. Permita-se não entender. Abra-se para a possibilidade de estar errado. Quando você faz isso, você faz uma descoberta. Você acha verdades mais profundas. Você se muda de uma maneira pequena e sutil. Quando você comete um erro, você ilustra a si mesmo o que precisa aprender. Você se dá um presente. Então, por favor, cometa erros. Esteja errado. Seja barulhento e errado. Mas seja consciencioso que você não é perfeito. Esteja ciente de seus erros e trabalhe para ser melhor.

Agora nós precisamos decodificar o idioma, um idioma é um código. A palavra “cão” por exemplo, corresponde a um animal com quatro patas, que baba e implora por comida. Os sons em si são insignificantes, d –o –g,  mas juntos, no contexto do idioma e verbos e gramática e etc., eles representam ideias – “Eu gosto de cães”. É um código. Você deve ter autoconfiança para decodificar a linguagem. Em uma conversa ao vivo é difícil por que ela continua e não para. Tenha a autoconfiança para relaxar: entenda uma palavra aqui, outra lá, estude a entonação e a linguagem corporal – tudo é aprender. Uma gravação na verdade é muito mais fácil, por que você pode voltar e repetir o que não entendeu – talvez uma parte ou quem sabe tudo – e tentar colocar as novas ideias juntas. Nesse caso, você deve ter a autoconfiança para compreender uma palavra e então passar para a próxima. Você deve ter autoconfiança para usar o contexto da situação e confiar no seu instinto para chegar a deduções.

Seja persistente: Enquanto você repetir, repetir e repetir, você começará lentamente a aprender mais e mais. Você vai achar um vídeo que é muito difícil de entender. Você vai encontrar textos difíceis de decifrar. Você ouvirá vozes com sotaques muito estranhos. O que você faz? Fecha o vídeo? Joga o livro fora? Manda embora a voz? Não. Você deve persistir! Você deve seguir em frente. Constantemente decifrando. Dê pequenos passos.

 

Medo: As escolas de idiomas se alimentam do seu medo de aprender uma língua. Eles acham que em um grande grupo você pode esconder-se por trás de um livro e dos outros estudantes. Eles te fazem promessas e você os paga a cada mês achando que vai melhorar, mas seu progresso vem lentamente, se de tudo. Por outro lado, Immersion Now te expõe. Ele pede que você conquiste seu medo de estar errado e o encoraja a confrontar o desconhecido, porque é assim que você realmente aprende. Quando você é realmente desafiado você começará a assimilar o Inglês. Está tudo bem em não entender o que você ouve ou lê. Está tudo bem se você fica tonto ouvindo uma conversa e dorme numa mesa de bar. Está tudo bem se alguém não entende o que você diz ou escreve. Apenas quando você se liberta do medo você se libertará para aprender.

Então, há muita coisa aqui, os pontos principais são: Relaxe, relaxe. Confie em em sua capacidade de aprender. Deixe-se cometer erros.

Persista: acredite em si mesmo, e o mais importante, não tenha medo.

Tudo certo, este é Mark A. Bowen terminando a transmissão.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *